terça-feira, 18 de setembro de 2012

CONFERÊNCIA: A EDUCAÇÃO DOS SENTIMENTOS



Programa da Conferência no Grupo Espírita Allan
Kardec - em Recife no dia 01/03/2012-Por João Cabral

1. CONFIA SEMPRE-Meimei

2. AUTOCONHECIMENTO-“Conhece-Te a Ti mesmo” foi colocada no Templo de Apolo em-Delfos-varou os séculos para alertar os homens para a necessidade do autoconhecimento. Os filósofos gregos acreditavam que o objetivo mais elevado do ser humano era conhecer a si próprio.

3. ABRAHAM LINCOLN chegou a afirmar que se pudéssemos saber onde estamos e para onde nos dirigimos, teríamos a noção do que fazer e poderíamos julgar a melhor maneira para tal. O Homem desconhece o seu o passado presente-e o seu futuro.

4. EDUCAÇÃO-Quinto Horácio Flaco (65 a.C. 8 a.C.) Poeta latino, deixada em suas epístolas, é expressivamente forte: “Ousa saber! Começa!” É um convite dirigido a todas as pessoas indecisas e que permanecem à espera dos acontecimentos da vida. Ousar saber e começar significa sair da estagnação mental e partir para o conhecimento de outras leis, principalmente daquelas que regem a felicidade humana. Significa retirar a vestimenta envelhecida dos hábitos perniciosos e que geram sofrimento e se encaminhar corajosamente por outras veredas, inexploradas ainda, mas, que produzem a suprema felicidade do homem. A ousadia da bondade traz consigo a serenidade no campo da consciência e a ousadia da compaixão reverbera como um foco de luz no psiquismo das criaturas. Ousar pelos caminhos da retidão. Ousar saber e começar é colocar o saber a serviço do amor ao próximo e é justamente essa fusão que plenifica a alma para vôos mais altos da espiritualidade A educação é esse agente capaz de realizar mudanças necessárias e de possibilitar essa transformação da animalidade para a humanidade, dos instintos para os sentimentos e das exigências dos valores materiais para os valores espirituais.

Vários educadores do passado já haviam alertado sobre isso. Rousseau deixava explícito que somente o conhecimento mais profundo da criança daria condições para que pudéssemos educá-la conscientemente. Surgia, portanto, com Rousseau, a Psicologia Infantil, Pestalozzi, Piaget e Kant diziam que o fim da educação era conduzir o homem a um “estado moral” ou maturidade consciencial.

5. EDUCAÇÃO MORAL-A palavra moral tem a sua raiz derivada do latim mor e mores plural, que significa costumes. É a parte da filosófica que trata dos costumes ou dos deveres do homem para consigo mesmo e para os seus semelhantes.

6. A VISÃO ESPÍRITA DA MORAL consubstancia-se na resposta à questão 629 de O Livro dos Espíritos - Vejamos: A Moral é a regra do bem proceder, isto é, distinguir o bem do mal.

7. EDUCAÇÃO DOS SENTIMENTOS-As funções psíquicas do ser humano são aprimoráveis através de um processo educativo que atue nos mecanismos da mente. Allan Kardec faz várias referências à necessidade de trabalharmos os sentimentos. No Livro O CÉU E O INFERNO, ele proclamava que “no encarnado como no desencarnado, é sobre o sentimento que se faz mister atuar. No Livro O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO ele dizia com todas as letras: A fim de avançar para a meta, tem a criatura que vencer os instintos em proveito dos sentimentos, isto é, que aperfeiçoar estes últimos. Como aperfeiçoar os sentimentos sem educá-los? E como realizar esta caminhada de transformações sem que utilizemos os elementos educativos necessários.

8. EVOLUÇÃO HUMANA: Partindo do princípio de que todos nós tivemos várias reencarnações e que o ser humano é constituído de ESPÍRITO, PERISPÍRITO E CORPO na classificação, podemos assim realizar uma série de observações sobre as heranças palingenésicas. Sabemos que o Espírito tem um foco de inteligência que possui ao seu redor, um corpo energético de características eletromagnéticas denominado de perispírito. É através do perispírito que o espírito se prende ao corpo, visto que apresenta uma estrutura vibratória intermediária. Nem tão sutil como o Espírito e nem tão condensada como a matéria orgânica. O vocábulo ESPÍRITO designa o princípio inteligente individualizado. É, portanto, um foco de inteligência de grande potência espiritual, capaz de ser aprimorável, educável e de produzir fenômenos extraordinários em vários campos da natureza. JESUS por exemplo, deu uma demonstração da capacidade que poderemos atingir ao desenvolvermos as potencialidades espirituais: Curou cegos, paralíticos se levantaram, leprosos foram limpos, mudos falaram, e agiu à distância.

REENCARNAÇÃO:

O PSIQUISMO NA VISÃO ESPÍRITA: A Doutrina Espírita explica que a origem do Espírito se perde no tempo. Ele é um produto originado da essência espiritual, criado por Deus em época remotíssima, e destinado a um processo de constante aperfeiçoamento. Esse substrato ou princípio espiritual adquiriu em sua gênese um impulso inicial das forças divinas da criação, e se torna, a partir daí um elemento participador do processo evolutivo. Nessa longa caminhada ele recebe e produz influências variadas que irão tipificar uma energética espiritual cada vez mais aprimorada e com certas condições de atuar junto à matéria densa. Esses fluxos energéticos aglutinam átomos, dão-lhes condições de co-existência na formação das moléculas e participam de suas transformações pelos reinos da natureza.

FUNÇÕES PSÍQUICAS – I.P.I.E.S. – Inteligência-Pensamentos-Instintos-Emoções-Sentimentos.

INSTINTOS-Vários autores deixaram a sua opinião a respeito dos instintos. Sigmund Freud dizia que o instinto é uma quantidade de energia que se orienta em certa direção. Viaud afirmava que a inteligência é o prolongamento do instinto. Para CONDILAC, o instinto seria um começo da inteligência.

INTELIGÊNCIA – A Inteligência, no geral, é conceituada como uma função mental que permite ao ser humano aprender ou conhecer, bem como saber enfrentar situações novas.

SENTIMENTOS- Os sentimentos foram estudados por várias áreas de estudo do conhecimento humano. Os pesquisadores materialistas acham que os sentimentos são uma mera manifestação de áreas localizadas no cérebro. Inativando-a, a pessoa não sente sentimento nenhum. O Dr. Deepack Chopra, endocrinologista indiano radicado nos Estados Unidos afirma que o estudo do Cérebro é muito significativo por aquilo que representa na estrutura do corpo físico, bem como pela grande central desencadeadora de reações químicas que ele é. No entanto por detrás dele, está a fonte mental de todos os fenômenos intelectivos, emocionais e morais. O Espírito.

INSTINTOS-EMOÇÕES-SENTIMENTOS

Os sentimentos são a expressão desses atributos do psiquismo sob a forma de valores morais. Aos poucos começam as primeiras emanações de bondade.

AS EMOÇÕES-O QUE É EMOÇÃO- A palavra emoção vem da junção de ex-para fora motion-mover. Ela é o resultado de processos mentais e físicos, veementes ou excitados. As emoções aparecem no ser humano através do sistema natural da evolução do psiquismo. Atingida a fase humana, todas essas funções psíquicas (fome e sede) visto que receberam o auxílio da inteligência que avançou. A reação da mente a um evento agradável ou desagradável. O ciúme, por exemplo, é uma combinação do medo (imaginário), da tristeza e da ira. O Indivíduo ao sentir ciúme imagina situações desfavoráveis a ele, e isso lhe dá tristeza.

AS EMOÇÕES BÁSICAS Dr. Mira y Lopes-No seu Livro os Quatro Gigantes da Alma.  O MEDO. A IRA. O DEVER E O AMOR.

OS SENTIMENTOS:

8. O PERDÃO

8.1. JESUS E O PERDÃO – a) Todos Erram. b) Quantas vezes Perdoar c) A quem perdoar d) Quando devemos perdoar

8.2. ESCOLHENDO O PERDÃO – O Perdão em Família.
8.3. HÁBITO DE PERDOAR DURANTE A VIDA.
8.4. EFEITOS DO PERDÃO – (a) O ódio gera doenças e afeta a longevidade. B) Os sentimentos de ódio, raiva, medo e insegurança desencadeiam enfermidades como o câncer e a queda do sistema imunológico, pois liberam excesso de adrenalina no organismo e abreviam a longevidade. O Ressentimento crônico aumenta o cálcio nas coronárias, possibilitando problemas cardíacos.
C) Os sentimentos de Paz, Amor e Alegria geram a produção de endorfinas, benéficas ao corpo. Esses sentimentos elevados produzem fótons que inundam o corpo de energias saudáveis. O RISO produz imunoglobulinas, aumentando as defesas orgânicas. Alegria significa viver mais. D) Os complexos de culpa e o remorso de longo curso, causados pela falta do autoperdão, produzem a baixa auto-estima e, segundo os benfeitores espirituais, possibilitarão o aparecimento de esquizofrenia no futuro. E) As artrites, muitas vezes, têm um passado de mágoa arquiva. Um pretérito de tristeza acumula energias densificadas que irão se exteriorizar no futuro sob a forma das conhecidas artrites reumatóides. Liberte-se de tudo isso perdoando. O PERDÃO, portanto, é uma chave essencial para a cura de muitas doenças. Significa acabar com a raiva, com ressentimentos e os disabores. Todas as pessoas sabem que o perdão faz sentido porque ele apela para o bom senso e para o coração.

8.5. OBSERVAÇÕES IMPORTANTES. A) Retire o Perdão do patamar das coisas inacessíveis e muito elevada. Coloque-o ao seu alcance no dia a dia. Se fosse inacessível, Jesus não o teria trazido para nós há dois mil anos atrás. Utilize-o como uma simples prática do cotidiano, sem fazer considerações severas pelos atos dos outros. B) Pense sempre no outro com bondade. Escolha sempre a bondade; ela suavizará os teus olhos, as faltas cometidas pelos outros. C) Prece e Meditação: Utilize esses momentos de luz para enviar ao outro mensagem de Paz. Modifique, assim, o seu teor energético da comunicação mental que você realiza com ele. Dessa forma desarquivaremos as energias deletérias da insatisfação interior e passaremos a estabelecer um saudável canal de comunicação com os nossos irmãos, tendo por base o perdão e a solidariedade. Persevere e verá resposta.

9. FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO

A Caridade que pressupõe uma ação. Logo ela não é passiva, acomodada e que se deixa conduzir pelas ondas egoísticas da vida. A Caridade, muito pelo contrário, é dinâmica, ativa se movimenta na direção do bem do próximo. É irmã de outras virtudes, como a bondade e a piedade. A piedade inclusive é precursora da Caridade conforme assinala o Espírito Miguel no Evangelho Segundo o Espiritismo. O Indivíduo apieda-se do sofrimento do outro, enternece-se e aciona os dispositivos mentais da caridade como elemento capaz de auxiliar a minorar a dor alheia. A Caridade é tão fundamental para o ser humano, que ela é uma das leis de Deus para a evolução das criaturas. Significa dizer que o desenvolvimento dessa virtude é imprescindível para a conquista da felicidade. Ninguém poderá ser feliz sem a caridade no coração, porque é o seu trabalho no bem que a perfuma. É a ação caridosa que monta os tijolos da edificação espiritual. Não foi sem razão que Allan Kardec sinalizou “Fora da Caridade não há Salvação”

9.1. A CARIDADE SEGUNDO JESUS. A caridade se manifesta de várias formas: Benevolência para com todos. Indulgência para as imperfeições dos outros e o Perdão das Ofensas, conforme informa o Livro dos Espíritos na questão 886.

9.2. ESTADO DE COMPAIXÃO. BONDADE E HUMILDADE.

9.3. O DESENVOLVIMENTO DA BONDADE a)Nos pensamentos b) Nas palavras c) No olhar d) Nas atitudes.

9.4. O AMOR – O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA-Instinto e Sentimentos

9.5. A LEI DE AMOR- O AMOR SE APRENDE-a)Mova-se para o Amor b) Conheça o Amor c) Vivencie o Amor.

10. AUTO-ESTIMA – A VISÃO DE NÓS MESMOS.

10.1. Auto-Estima é o conjunto de elementos aceitos como verdades em relação a nós mesmos como nos vemos, externa e internamente, ou seja, é o retrato que retiramos de nós próprios. É como nos apercebemos dos diversos valores da vida.

AUTO-ESTIMAS-Físicas e Psicológicas. A) Auto-Estima na Família. Aumentando a Auto-Estima

10.2. CARACTERÍSTICA DA BAIXA ESTIMA:
FÍSICAS
a)Aparência física desleixada: falta de higiene.
b)Postura: curvada, olhar sem brilho e para baixo.
c)Obsidade: sem forças para regular sua alimentação.
d)Voz entrecortada por vacilações.

PSICOLÓGICAS:

a) Medo, insegurança.
b) Impaciência, ansiedade.
c) Timidez, ingenuidade, sente-se menor do que os outros.
d) Dificuldade em defender o seu espaço.
e) Compulsões: Bebida e comida, etc.
f) Culpa, remorso, vergonha.
g) Isolamento, dificuldade de relacionamento
h) Cultua heróis na Televisão.
i) Falta de metas na Vida.

AUMENTANDO A AUTO-ESTIMA

a) O Autoconhecimento
b) Se aceite como é
c) Ame-se
d) A Fé é certeza
e) Tudo provém dos pensamentos
f) Seja gentil consigo mesmo
g) Acredite
h) Cultive bons hábitos
i) Perseverança

11. A PRECE- Fluxo Mental. Matéria Mental

11.1. OS PENSAMENTOS

11.2. MECANISMO DA PRECE

11.3. EFEITOS DA PRECE- Nas obsessões. No Lar. No Equilíbrio Mental. No Equilíbrio Físico.

12. NA MEDITAÇÃO

12.1. O Que é Meditação. Os dicionários colocam a palavra Meditação - significa contemplação, hábito de reflexionar, de pensar, de refletir e até de orar. Quando realizamos uma ação mental meditativa, estamos refletindo, pensando, orando, contemplando ou visualizando mentalmente alguma coisa. Esse ato meditar pressupõe a retirada mental das coisas exteriores, devendo a pessoa estar voltada para dentro de si mesma, no sentido de que produza uma introspecção analítica e profunda do objeto da meditação ou permita o livre fluir dos pensamentos que vertem de si própria.

Efeitos da Meditação. (Meditação e suas Técnicas a) Sócrates. b) René Descartes
c) Buda d) Jesus.



Bibliografia:

Evangelho segundo o Espiritismo - Allan Kardec
Educação dos Sentimentos - Jason de Camargo
O Livro dos Espíritos - Allan Kardec

Aracaju- 31.01.2012

João Cabral - Presidente da ADE-SERGIPE-Website: www.ade-sergipe.com.br